Abertura   Editorial   Colunistas   Contato  
 
     
 
 
   
  PSICANALISTA
POLÍTICO
  BOATOS E
FAKE NEWS
  RESENHAS
LITERÁRIAS
  FUTEBOL
DE VÁRZEA
  OPINIÃO DOS
PARCEIROS
  DIVULGAÇÃO
CIENTÍFICA
 
 
 

 

Blog Resenhas Literárias
por Catiane Pereira Alexandre


Catiane Pereira Alexandre é graduanda em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Nasceu em 1998, no estado da Bahia, porém se naturalizou no estado do Rio de Janeiro, mais precisamente, na baixada fluminense. Zela pela justiça. Apreciadora da leitura. Singular.






Livro: Ainda estou aqui - Autor: Marcelo Rubens Paiva
Por: Catiane Pereira Alexandre em 07/12/2018

Esse livro é do ano de 2015 e, não é só atual somente em sua data de publicação, mas atual também pelo contexto histórico revelado. Não é novidade que os livros de Marcelo Rubens Paiva são excelentíssimos, como o tão conhecido Feliz Ano Velho. Confesso que eu não conhecia esse autor até que uma professora indicou esse livro, e então eu o li. Esse livro me marcou pela sua história, e confesso que me surpreendi com o que é exposto nele. Passei a conhecer mais de Paiva através da sua obra e a inquietar-me mais por problemas do país.

O livro é dividido em três partes, com total de 296 páginas, partes essas em que o autor descreve sobre a sua infância, adolescência e juventude, nunca numa forma linear, junto com suas irmãs, e especialmente relata como foi o episódio do “desaparecimento” de seu pai e como sua mãe reage diante da morte brutal do marido e se vendo com cinco filhos menores.

O autor escreve de forma dinâmica, variando entre vários momentos da vida dele e de sua família. Identifica-se esse modo de narrativa com a própria memória que acumulamos ao longo da vida:

“A memória é uma mágica não desvendada. Um truque da vida. Uma memória não se acumula sobre outra, mas ao lado. A memória recente não é resgatada antes da milésima”.

Ele conta um pouco de como foi a época em que seu pai, então deputado federal, foi cassado e exilado. Somado a isso, revela sobre sua própria infância e suas trocas de cidades, escolas, amigos e como foi a experiência de viver anos difíceis em que convivia com a ausência de seu pai. Divide, em seu livro, o protagonismo com sua mãe, Maria Eunice Paiva, no qual relata como ela viveu e sobreviveu àqueles anos do desaparecimento do marido, como foi a prisão de ambos, e como foi conviver com a dúvida se Rubens Beyrodt Paiva estaria vivo ou não. Em meio à dor, ela se reinventou. Voltou a estudar, tornou-se advogada, defensora dos direitos indígenas. Nunca chorou na frente das câmeras.

Entretanto, após anos e tendo cada vez mais convicção que seu marido fora torturado e morto, Eunice inicia uma verdadeira batalha para comprovar que seu esposo foi morto ainda estando no Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-CODI) no ano de 1971. O livro traz um contexto de pré-ditadura, durante e pós ditadura; ainda pincela fatos mais recentes, como o caso do desaparecimento de Amarildo Dias de Souza, em que o autor compara com o próprio caso do desaparecimento do pai.

Ainda Estou Aqui é, portanto, uma obra riquíssima não só pelo seu alto poder histórico como também literário e poético, já que, não só o autor relata fatos e momentos importantes da história brasileira, como expõe fatos verdadeiros da luta de sua família, assim como a inspiradora postura e esforço da sua mãe, a viúva Maria Eunice Paiva.











   
Post anterior
Livro: Veronika decide morrer. Autor: Paulo Coelho




 



Psicanalista Político
Boatos e Fake News
Resenhas Literárias
Futebol de Várzea
Opinião dos Parceiros
Divulgação Científica
 

Abertura
Editorial
Colunistas
Contato