Abertura   Editorial   Colunistas   Contato  
 
     
 
 
   
  PSICANALISTA
POLÍTICO
  BOATOS E
FAKE NEWS
  RESENHAS
LITERÁRIAS
  FUTEBOL
DE VÁRZEA
  OPINIÃO DOS
PARCEIROS
  DIVULGAÇÃO
CIENTÍFICA
 
 
 

 

Blog Opinião dos Parceiros
Clipping de notícias


O Blog é composto pelo clipping de notícias veiculadas em outras mídias.

Aqui você encontrará matérias de nossos parceiros: GGN - o Jornal de todos os Brasis, DCM - Diário do Centro do Mundo, Mídia Ninja, Brasil 247; dentre outros canais de igual relevância.

O blog é voltado ao jornalismo de expressão e narrativas independentes; direcionado às grandes questões políticas de nosso país.





Lava Jato tem medo do projeto de lei contra abuso de autoridade
Por: Afrânio Silva Jardim (DCM) em 28/06/2019

Por que os protagonistas da chamada “Operação Lava Jato” estão se manifestando contra o projeto de lei que irá punir o crime de abuso de autoridade? A lei n.4.898/95 tem penas meramente simbólicas.

Notem que eles e elas estão contra a proposta em geral. Não estão atacando apenas alguns defeitos de redação, alguns defeitos técnicos.

Não podemos macular a independência funcional dos magistrados e dos membros do Ministério Público, mas impõe-se fixar, na lei, alguns limites à atividade persecutória do Ministério Público, movida por interesses outros, bem como deixar claro que juiz não pode se imiscuir com a acusação para não comprometer a sua indispensável imparcialidade.

É sabido que a lei penal incriminadora não tem efeito retroativo, segundo regra expressa na Constituição da República.

Acho que esta nova lei poderá inibir a sanha acusatória e punitivista que assola o nosso sistema de justiça criminal, a imprensa e a nossa população. Com ela, o professor doutor Luiz Carlos Cancelier não teria se suicidado … (reitor da Universidade Federal de Santa Catarina).

Precisamos tornar mais humano o nosso processo penal. É preciso que agentes públicos tenham consciência das graves consequências que podem decorrer de acusações temerárias e exposição espalhafatosa de pessoas que apenas estão sendo investigadas.

O estrelismo de juízes e de membros do Ministério Público não pode ser fator de humilhação dos indiciados e seus familiares.











Post posterior
50 anos de Stonewall: minha terra tem palmeiras onde dubla a drag queen
 
Post anterior
Ibope: 51% dizem não confiar em Bolsonaro, que vê popularidade cair novamente




 



Psicanalista Político
Boatos e Fake News
Resenhas Literárias
Futebol de Várzea
Opinião dos Parceiros
Divulgação Científica
 

Abertura
Editorial
Colunistas
Contato